Publicidade
Poupe Tempo - O site de informações da comunidade brasileira
Segunda, 01 de Setembro de 2014
CANAIS
Adoções
Animais
Crianças
Consumidor
Código de defesa do consumidor
Onde Reclamar
Automóveis
Compra e Venda
IPVA
Licenciamento
Seguro Obrigatório
Seguro Particular
Consulta de CEP
Documentos
Carteiras Especiais
Carteira de Motorista
CPF
Licenças
Passaporte
Registro Geral (RG)
Título de Eleitor
Desaparecidos
Procedimentos
Ajuda
Estradas
Auto Ban
Ecovias
Nova Dutra
Via Oeste
Estudantes
Carteira de Estudante
Crédito Educativo
Descontos para Estudantes
Imposto de Renda
Justiça
Onde Reclamar
Pequenas Causas
Meio Ambiente
Ar
Água
Lixo
Poda
Multas de Trânsito
Consulta de Multas
Como Recorrer
Valores
Óbito
Previdência Social
Auxílios
Beneficios
Guia do Segurado
Pensão
Salário-Maternidade
Tabela do INSS
Tipos de Aposentadorias
Previsão do Tempo
Regiões do Brasil
Estados do Brasil
Prognóstico de Chuvas
Imagem do Satélite
Segurança
Carro
Cartão
Casa
Prédios
Rua
Viagens
Seguro Particular
Golpes
Sequestros
Trabalhador
Carteira de Trabalho
Onde Reclamar
FGTS
PIS
Seguro Desemprego
POUPE TEMPO
Anuncie no Poupe Tempo
 
Carteiras Especiais
 
Ônibus: O cidadão paulistano portador de deficiência física ou idoso (homem com mais de 65 anos de idade e mulher com mais de 60 anos) não paga para andar de ônibus na cidade. Para isso, ele precisa de uma carteira especial, que deve ser solicitada na SPTrans, de segunda a sexta-feira, das 7 às 14h30. Em dias de grande movimento, são fornecidas senhas aos interessados.
Local: Rua Cachoeira, 1140 - Bairro do Pari, próximo à Igreja de Santa Rita.

Website daSPTrans:

www.sptrans.com.br

Deficientes - Não pagam passagem de ônibus

Os portadores de deficiência podem viajar de graça nos ônibus da cidade de São Paulo. Para isso, devem apresentar ao motorista a Carteira Especial, que é solicitada da seguinte forma:

      • Levar ao posto do SPTrans a Carteira de Identidade e um laudo médico, contendo o CID-Código Internacional de Doenças. Esse código deve ser colocado no laudo pelo próprio médico que assinar o atestado. Têm o direito a Carteira Especial os deficientes físicos, mentais, visuais e outros.

      • Em caso de fratura, problemas de coluna ou hemodiálise, a carteira é fornecida até a cura da doença. 
     
      • O documento pode ter validade de 30 dias a dois anos, dependendo do problema.

Idosos - Não pagam passagem

· Ônibus: Os homens com mais de 65 anos de idade e as mulheres maiores de 60 também podem andar de graça nos ônibus do município de São Paulo. Para ter esse direito, o idoso deve apresentar qualquer documento oficial, no momento do desembarque, que comprove a sua idade, com fotografia que permita a identificação do portador.

· Metrô: Na Estação Marechal Deodoro, os maiores de 65 anos podem obter o bilhete especial do idoso. O atendimento é feito de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 16 horas. É necessário portar a Carteira de Identidade original. O bilhete do idoso é válido por 180 dias. A renovação pode ser feita em qualquer estação, todos os dias, no horário comercial.

· CPTM - Trem: Na Estação Barra Funda da CPTM - de segunda a sexta-feira, das 9 às 16 horas. (somente para linhas B e C).

· EMTU - Tróleibus: É concedida gratuidade aos maiores de 65 anos de idade, mediante apresentação da carteira de identidade

Mulheres grávidas - pagam passagem de ônibus na cidade de São Paulo

· As grávidas a partir do quinto mês de gestação são dispensadas de passar pela catraca dos ônibus, mas devem pagar a sua tarifa e apresentar a Carteira de Gestante, emitida da seguinte forma:

· A interessada deve se dirigir ao posto do SPTrans, no bairro do Pari, e apresentar a Carteira de Identidade, cartão pré-natal ou laudo médico indicando o período de gestação.

Obesos - pagam passagem de ônibus na cidade de São Paulo

· Os obesos não precisam passar pela catraca. Podem entrar e sair do ônibus pela porta da frente. Devem pagar a tarifa e apresentar a Carteira emitida pela SPTrans ao motorista.

· Os interessados em obter o documento devem comparecer ao posto do bairro do Pari portando Carteira de Identidade original, onde serão submetidos a uma avaliação.

Metrô:

· O bilhete especial do metrô para pessoa portadora de deficiência física, impedida de exercer uma atividade profissional, é emitido na Estação Marechal Dedoro. Para ter direito, o usuário deve ir antes a um dos postos credenciados pela Secretaria de Estado da Saúde. Para localizar o posto mais perto de sua casa, ligue para o Disque-Saúde, telefone 1520.

· Nos postos, a pessoa será submetida a exame médico. De posse do laudo médico, o cidadão deverá ir à Estação Marechal Deodoro para retirar seu bilhete, que tem validade de 180 dias e pode ser renovado.

EMTU - Tróleibus:

· Portadores de deficiência também precisam passar por uma avaliação médica, num posto da Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo, para andar de graça nos tróleibus. Com o laudo em mãos, o cidadão recebe a Carteira de Passageiro Especial aceita em todo o Transporte Intermunicipal por Ônibus na Grande São Paulo.
Informações pelo site: http://www.emtu.sp.gov.br/passageiro/index.htm


CPTM:

· A emissão do bilhete especial para andar de trem é feita na Estação Luz, plataforma 4, de quarta a sexta-feira das 8 às 16 horas.

Observação: Todos os portadores de deficiência devem apresentar laudo médico para ter direito ao atendimento especial no transporte

http://www.cptm.sp.gov.br/

 
Publicidade Se você procura os serviços
do poupa tempo clique aqui.